eCall Português English
Digital twins devem mudar os processos de teste de produtos

Digital Twins, ou Gêmeos Digitais, devem mudar os processos de desenvolvimento e teste dos produtos. Mas você sabe como esse conceito pode ser colocado em prática para otimizar os processos do seu negócio? Digital Twin é o termo utilizado para definir uma cópia digital da realidade, que permite simular os processos de uma empresa ou produto em um ambiente seguro e livre de riscos.  

Com a prerrogativa de melhorar o gerenciamento de sistemas complexos de ativos em tempo real para o aumento da eficiência nos processos, o gêmeo digital é organizado a partir de tecnologias como a internet das coisas e inteligência artificial. A partir de ferramentas como Process Intelligence, Data Analytics e Machine Learning, o digital twin consegue espelhar empresas e processos.  

Assim, a cada simulação é possível monitorar, em tempo real, o desempenho da escolha feita para cada projeto. Isso possibilita a análise, os testes contínuos e a validação das ideias antes da sua aplicação. Além de comparar processos sob diversas óticas, possibilitando a identificação de diferenças de desempenho, por exemplo. Assim, é possível identificar as variáveis do sistema, seus gargalos, retrabalho, entre outros. 

O termo nasceu a partir da demanda de consumidores cada vez mais exigentes e voláteis, que não permitem erros. 

Segundo Matthias Heutger, vice-presidente sênior e diretor global de Inovação e Desenvolvimento Comercial do DHL, o mercado de digital twins deverá crescer mais de 38% ao ano, ultrapassando a marca de US$ 26 bilhões até 2025. Segundo ele, os digital twins oferecem recursos incomparáveis para rastrear, monitorar e diagnosticar ativos. Além disso, Heutger também acredita que “os digital twins mudarão as cadeias de suprimentos tradicionais com uma ampla variedade de opções que visam facilitar a colaboração e a tomada de decisões fundamentada em dados, viabilizar processos de negócio simplificados e promover novos modelos de negócios”. 

Os gêmeos digitais podem estar presentes em qualquer tipo de negócio. Aqui, apresentamos duas aplicações nos seguintes ramos: 

  • Aplicações para o setor de logística: 

Os digital twins podem ser utilizados em diversas aplicações de logística. Uma delas é o gerenciamento de redes de contêineres, monitoramento de embarques ou mesmo na elaboração de sistemas próprios. Sensores de IoT em contêineres individuais mostram sua localização e monitoram danos ou contaminações. Esses dados vão para um digital twin da rede de contêineres, que usa machine learning para garantir a eficiência do sistema. Assim, é possível ter uma visão geral do estado das máquinas e da disponibilidade dos produtos, fazer previsões e tomar decisões autônomas com relação ao estoque ou às entregas.  

  • Aplicações para o setor financeiro: 

Para a indústria de seguros, os gêmeos digitais podem ajudar na identificação de potenciais sinistros aos ativos e componentes. Isso acontece através da coleta de dados dos elementos segurados e análise do desgaste e condições às quais eles são expostos. Tudo isso através da criação de modelos digitais e seguros. Essas análises feitas com a ajuda dos digital twins poderia, nesse sentido, ajudar na criação de pacotes de seguros personalizados, além de garantir uma melhor gestão de risco dos ativos. 

De acordo com pesquisas do Gartner, a tecnologia de Digital Twins está dentro das 10 maiores tendências para os próximos anos. É estimado que mais de 21 bilhões de dispositivos estarão ligados a digital twins até 2020. 

Se você acredita que essa tecnologia pode facilitar o trabalho do seu setor, ou se deseja conhecer como os digital twins podem proporcionar melhorias para sua área, entre em contato conosco e saiba mais.