Microsserviços: arquitetura customizada torna o TI mais eficiente

Na América Latina, vemos o rápido crescimento de microsserviços: arquitetura customizada. Isso porque a tecnologia SaaS (Software as a Service) também está crescendo. Estamos surfando numa era de “tudo como serviço”, que tem suas vantagens: uma delas é o desenvolvimento dos chamados “microsserviços” - uma arquitetura já utilizada em grandes empresas, como Amazon e Netflix, que traz flexibilidade e escalonamento para os sistemas, deixando o suporte de TI mais eficiente.

Essa arquitetura trata, em poucas palavras, da construção de softwares como suites de serviço com deploy independente, que possibilitam o gerenciamento por equipes distintas de TI.

Antes da expansão dos microsserviços, tínhamos a arquitetura monolítica, que trazia diversos entraves para o escalonamento das aplicações. Assim como o nome já sugere, essa abordagem “monolítica” tinha o código-fonte da aplicação incorporado em uma única unidade de implantação. Isso gerava atrasos no time de desenvolvedores caso existisse algum bug a ser consertado, posto que era necessário desativar toda a aplicação, reverter a escala e corrigir os problemas.

Agora, com o desenvolvimento da arquitetura orientada a serviço, é possível ter múltiplas bases de códigos, possibilitando uma maior legibilidade e também integração, pois as linguagens podem ser diferentes, gerenciadas por equipes diversas e ainda assim orientar todo o sistema. Isso garante implementações simples, individuais e com tempo de inatividade mínimo (ou zero), permitindo o escalonamento dos serviços com gargalos sem danificar toda a operação.

Microsserviços: arquitetura customizada torna o TI mais eficiente

Fonte: ThoughtWorks

Autonomia, isolamento e interface aberta e padronizada: esses atributos dos microsserviços possibilitam uma abordagem de TI cada vez mais personalizada e eficiente. Quando os módulos estão separados e são desenvolvidos de forma independente, é possível engajar a equipe em unidades específicas, aumentando a produtividade e garantindo o funcionamento perfeito da operação - mesmo em situações de correção de bug. Essa interação ágil é que aumenta a rapidez e a segurança na entrega de softwares.

O desenvolvimento desse tipo de arquitetura tem sido bem recebido pela indústria e pela comunidade de desenvolvimento de software. O crescimento não é por acaso: os microsserviços, como foi bem explanado, consegue resolver problemas complexos apresentados nas arquiteturas monolíticas e ainda otimiza o tempo das operações.

Nesse sentido, se a sua empresa busca o desenvolvimento exponencial de um sistema, encare os microsserviços como a arquitetura que vai facilitar o trabalho da sua equipe de TI. Além das vantagens aqui citadas, existem outras diversas que vão ajudar otimizar os resultados do seu negócio a partir de uma tecnologia mais robusta e atualizada. Para saber mais, entre em contato conosco e descubra como podemos garantir soluções ainda mais eficientes para o seu negócio.